segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Governo italiano diz que ofensiva israelense é "direito de defesa"

O chanceler italiano, Franco Frattini, afirmou em conversa telefônica com a chanceler israelense, Tzipi Livni, que a Itália reconhece o "direito de defesa" exercido por Tel Aviv em sua ofensiva militar na faixa de Gaza. "O governo italiano reitera a mais firme e decidida rejeição ao lançamento de mísseis Qassam por parte do Hamas, que rompeu unilateralmente a trégua", declarou neste domingo (28) o chanceler italiano em diálogo com Livni.

Livni respondeu que Israel "persegue objetivos mirados e circunscritos" e busca "limitar o máximo possível qualquer sofrimento para a população de Gaza".

Outros líderes políticos ligados ao governo italiano manifestaram nesta segunda-feira seu apoio às iniciativas militares israelenses em curso contra a faixa de Gaza.

Maurizio Gasparri, líder da coalizão governista Povo da Liberdade (PDL) no Senado, também convidou a comunidade internacional a "não ser hipócrita defendendo os terroristas do Hamas, do Hezbollah, do Irã, que desejam o extermínio de Israel".
"Israel tem plena razão. A luta contra o terrorismo e sua derrota são a única premissa para uma paz verdadeira", acrescentou o político italiano.

Um comentário:

Marksz disse...

Acho importante ressaltar o direito de se defender pois enquanto todos os sites de notícias mostram palestinos feridos é preciso saber que essa área atingida é governada pelo Hamas portanto se elegeram sabiam o que estavam fazendo.O site do terra chegou a colocar as mesmas fotos de palestinos feridos e só pode ser brincadeira a foto de um cão atingido por um míssel que eles colocaram.É algo que com certeza eles tem algo melhor para mostrar.Governos falam em romper o bloqueio para ajuda humanitária pois, essa ajuda deveria vir todos os dias não só em dias de conflito pois o povo da Palestina sofre de falta de comida,medicamentos e médicos o ano inteiro não só quando Israel ataca.Também colocam fotos de crianças mortas carregadas pelos seus pais como se isso só acontecesse porque Israel ataca a Palestina.MOrrem crianças de fome,doenças e outras coisas pela má administração do Hamas.